As pessoas numa escada

(Rubens Sakay)

escadas

Não olhe para as pessoas como quem está numa escada.

Não encare a vida como uma escada onde você encontra pessoas abaixo e se compadece, e outras, você encontra acima de você e então as inveja.

Se coloque no mesmo plano das pessoas, e olhe para elas de igual para igual.

Exercite a empatia. Se coloque no lugar do outro para melhor entender o comportamento de cada um, suas necessidades, suas ansiedades e dificuldades.

Exercite a compaixão. Sinta você mesmo a dor do outro e queira que a dor cesse. Você pode não fazer nada, mas esse sentimento valioso vai provocar uma transformação na maneira como você vê as outras pessoas.

A empatia e a compaixão são sentimentos fundamentais para o exercício de relacionamentos maduros e saudáveis.

Quando percebemos que conseguimos experimentar estes dois sentimentos, é sinal de que já crescemos um pouco mais.

O contrário também é verdadeiro.

Se continuamos a levar a vida nos comparando com os outros como se estivéssemos numa escada, é sinal de que nos esquecemos de crescer. Podemos até ter a sensação de que estamos subindo na escada do materialismo, mas estamos descendo na escada do sentido da vida.

Para todos nós, há um benefício imenso em olhar as pessoas como iguais. Não nos sentimos diminuídos nem inflados, e isso nos faz bem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s