Você faz a paz

(Clarice Pacheco)

paz de espírito

Procure uma posição confortável, acomode-se.
Fique em silêncio, feche os olhos, concentre-se.
Lentamente, respire fundo.
Relaxe, pense no mundo.
Atinja o nível mais alto do pensamento.
Sinta o que falta aos seres humanos neste momento.
Analise a situação atual da humanidade.
E em como você pode colaborar,
mesmo com pouca (ou muita) idade.
Imagine um mundo sem ira, sem ódio,
sem inveja e sem maldade.
Só a honra de cada cidadão
cumprindo seus direitos e deveres com serenidade.
Pense na paz em plenitude.
E em como alcançá-la, com certas atitudes.
É tão fácil e seria maravilhoso.
Qualquer um pode colaborar
com um comportamento honroso.
Torne isso uma realidade.
Então verá que só assim
a vida tem sentido de verdade.
Cumpra pelo menos você a sua parte
e proporcione paz.
E verá a felicidade que isso traz.

Anúncios

Me divorciei

vida-nova

Sim…. há muito tempo me divorciei da amargura, da tristeza, da inveja e do egoísmo, dos rancores, das caras feias, de pensar mal dos outros, das classificações grosseiras e baratas dos seres humanos; me divorciei da solidão, da ignorância espiritual, da hipocrisia, da falta de sensibilidade.

Me divorciei da mediocridade, da arrogância e da petulância, dos atropelos, de pensar que sou melhor que os demais; me divorciei de todo o negativismo que possa privar-me de ser uma persona feliz e honesta comigo mesmo.

Me divorciei da angústia e do stress produzidos por buscar a aprovação dos demais, por impressioná-los com a forma de me vestir, de onde vivo, pelo meu carro, pelos lugares que frequento, como decoro a minha casa. No faço alarde a respeito de coisas pequenas, nem grandes. Faço minhas próprias escolhas, sendo dono de mim mesmo, sem deixar-me governar pela sociedade e por aquilo que vão dizer.

Este divórcio me serviu para aceitar-me como sou, com meu físico e minha maneira de ser. Aceito também as coisas que me rodeiam, sem queixar-me por elas: o clima, o barulho, as pessoas ingratas, queixosas, fofoqueiras… Procuro não frequentá-las muito, para que não me desestabilizem. Tudo faz parte do mundo natural e o aceito como uma criança que vê tudo e não se ofende.

Me divorciei do sentimento de culpa e de toda a ansiedade que surgem quando, nos momentos presentes, me imobilizam por fatos que aconteceram no passado. Reconheço que cometi erros e cuidarei de não voltar a repetí-los .

Me divorciei de lamentar-me pelo que passou e também me esforço para não fazer os outros se sentirem culpados. Assim me desliguei de minha pobre imagem e descobri que é melhor APRENDER com o passado do que QUEIXAR-ME daquilo que já aconteceu.

Assim, estou solteiro desses maus sentimentos e estou casado com a felicidade, à qual prometo ser fiel pelo resto de meus dias.

É bom ser feliz e viver esperando o novo dia com expectativas, de criar sonhos para logo despertar e começar a realizá- los, encontrar muitos amigos que estão por todos os lugares, esperando que cheguemos e digamos algo bom. Sou feliz de poder fazer a diferença mesmo à distância.

Saber que com minhas palavras posso fazer alguém se sentir bem, que posso estender a mão e ajudar sem fazer muita pompa… Simplesmente sou feliz de estar vivo e poder escrever esta mensagem.

E saber que, por meio da web, poderei viajar sem necessidade de uma passagem de avião, de barco ou de trem, que envio meu afeto com mais rapidez e que não vou pagar por excesso de bagagem. Sou muito feliz quando abro meu e-mail e leio as histórias de meus amigos, me sinto feliz porque, ao enviar-me uma mensagem, se lembraram que existo e, com isso, me dão um sinal de sua amizade.

Me encho de alegria poder sentir esta agradável sensação por coisas tão triviais ou banais para algumas pessoas… e tão especiais para mim.

Aproveite plenamente este dia…

(Sigmar Sabin)

O mês de fevereiro deste ano acaba hoje! Ou seja, ganhamos um dia a mais. Pode não parecer muito. Mas o que é um dia na vida de muita gente?
Para quem já não tem um propósito definido, pode ser uma eternidade de espera.
O que significa este dia para você?
Hoje, pode ser apenas um dia! Com suas 24 horas. Seus 1.440 minutos. Ou ainda com os 86.400 segundos.
Mas o significado de todos esses números, só nós, particularmente, podemos atribuir.
Posso simplesmente reclamar por que tenho que enfrentar tudo isso de novo!
Posso agradecer por ter toda essa gigante oportunidade.
Posso querer mais uma vez que o mundo gire ao meu redor.
Posso também querer fazer parte do mundo de alguém.
A escolha é minha. Olhar para cima e ver um céu cinzento, daqueles que nos tiram completamente o ânimo. Ou posso olhar para cima e saber que acima daquelas nuvens escuras tem um sol brilhando, tem um céu azul, magnífico.
Posso desejar ardentemente o sucesso, e lutar com unhas e dentes para alcançá-lo.
Posso também desejar apenas os frutos do sucesso. Saborear suas delícias. Mas não fazer nenhum esforço para alcançá-lo.
Posso pagar o preço que a vida me cobra para alcançar tudo que desejo.
Posso reclamar aos quatro cantos que sou um desafortunado que nada alcança.
Posso sobreviver um pequeno mal estar, e agradecer a saúde restabelecida.
Posso também maldizer minha condição de saúde e lamentar ainda estar vivo.
Diante de um prato de comida, posso saborear e agradecer.
Posso reclamar por não estar no melhor restaurante da cidade.
Então, neste momento, eu escolho fazer deste dia uma ótima oportunidade para realizar a obra da minha vida.
Mesmo que nessa construção eu contribua com alguns tijolos apenas. Mas vou apreciar cada fração desse tempo, e dedicá-lo ao melhor.
Não quero ser apenas mais um a passar por aqui. Mal agradecido, pela vida que recebi. Quero sim, deixar o mundo um pouco melhor do que recebi.

Pense nisso!

Tenha um Bom Dia HOJE …

Seja Simplesmente Você!

(Heloisa Amaral de Souza)

Hoje, decidi fazer algo novo.
Decidi ouvir o som, abafado, do meu sussurro e entender que algumas coisas são inexplicáveis e permanecerão, para sempre imutáveis.
Meu coração rendeu-se ao silêncio, e pude perceber que há, também, muitas outras coisas que podem ser lançadas no mar do esquecimento, e, essa atitude, mudar, definitivamente… a história da minha vida.
Olhei-me, atentamente, pela primeira vez e vi-me como, realmente, sou…
Olhei-me sem hipocrisia…
Sem máscaras…Sem desculpas…
Desnudei-me de mim mesmo…
Meu coração guiou-me a um encontro
Com a minha Humanidade.
Pude perceber que tornar-me humana
Significa reconhecer que não sou perfeita,
Que sou passível de errar,
Que não preciso ter todas as respostas.
Percebi que tenho deficiências,
Áreas de sombra…
Desejos ocultos…
Fraquezas que não podem ser confessadas.
Rasguei-me, por dentro, ao confrontar-me
Com minha humanidade.
Percebi que viver no contexto da eternidade
Significa considerar-se infalível,
Ser cheio de arrogância,
Achar-se acima do bem e do mal.
Ser intolerante,
Julgar as pessoas por suas falhas…
Não ser compassivo…
Chegar ao extremo na busca pela perfeição.
Que alto preço a se pagar.
Entretanto, não abro mão mais da minha humanidade.
Cometerei erros, terei decepções, sofrerei,
Mas, também, serei mais tolerante,
Menos arrogante…
Mais compreensivo…
E saberei amar, de uma maneira plena,
Livre de pré-conceitos e preconceitos…
Essa será minha eterna busca:
Morrer para mim mesmo, e renascer, mais humano, a cada novo dia.

Dicas de otimismo

(Sigmar Sabin)

Encarar a vida com otimismo é importantíssimo para superar os problemas diários com mais facilidade e viver melhor. Coloque estas dicas em prática e veja seu mundo ficar mais bonito e gostoso hoje:

Primeiro, aceite-se!

Você não é pior nem melhor do que ninguém. Portanto, deixe de lado a preocupação exagerada com a aparência e com a opinião alheia. Aceite seus defeitos e valorize as qualidades que você tem.

Ria mais. Alegria é o melhor remédio. Bom humor oxigena o cérebro e atrai novos amigos. Não perca as chances de contar piadas, dizer bobagens e soltar gargalhadas.

O que já passou, passou. Afinal tudo passa tudo passará! Nada nesta vida é definitivo. Se você tiver um pouco de paciência, o tempo cura todos os males. Se você sofreu ou sofrer uma decepção hoje, mas amanhã deverá sentir uma grande alegria.

Ei, olhe só que coisa maravilhosa! Admire a vida, valorizando aquilo que você já possui em vez de reclamar do que ainda não te pertence. Mas, quando for reclamar, lembre-se de que existem pessoas que têm muito menos do que você e mesmo assim, agradecem todos os dias pela vida que levam.

Abra sua mente… !

Nunca ache que já sabe o bastante. Seja curioso, pesquise assuntos novos, faça cursos e conheça pessoas. Assim você ficará mais interessado pelo que acontece no mundo e conectado a ele.

Quando a noite chegar. Antes de dormir, pense e fale coisas agradáveis. Quando já estiver escovando os dentes, desligue-se dos problemas e procure relaxar. Deite-se pensando em como foi bom seu dia, que você ama as pessoas ao seu redor e na satisfação de continuar vivendo bem neste mundo tão difícil.

No final das contas, desejo que você tenha um sono tranquilo !

Ou você acha que dormir é perda de tempo? Nem pensar. Quem está descansado trabalha melhor o dia todo, se mantém disposto até a hora de ir para a cama, dorme com os anjinhos e acorda feliz no outro dia.

Depois você me conta quantas pessoas você contagiou hoje!

Pense nisso…

E Tenha um Bom Dia HOJE!

(Fonte)  

Minimamente feliz

(Leila Ferreira)

A felicidade, ao contrário do que nos ensinaram os contos de fadas e os filmes de Hollywood, não é um estado mágico e duradouro.
Na vida real, o que existe é uma felicidade homeopática, distribuída em conta-gotas.
Um pôr-de-sol aqui, um beijo ali, uma xícara de café recém-coado, um livro que a gente não consegue fechar.
São situações e momentos que vamos empilhando com o cuidado e a delicadeza que merecem alegrias de pequeno e médio porte e até grandes (ainda que fugazes) alegrias.
Eu contabilizo tudo de bom que me aparece, sou adepto da felicidade homeopática.
Tenho consciência de que são momentos de felicidade e vivo cada segundo.
Alguns crescem esperando a felicidade com maiúsculas e na primeira pessoa do plural: Dá pra ser feliz no singular: Podemos viver momentos ótimos mesmo não estando acompanhados e que não tem sentido esperar até que um fato mágico nos faça felizes.
E faz parte da minha ‘dieta de felicidade’ o uso moderadíssimo da palavra ‘quando’.
Aquela história de ‘quando eu ganhar na Mega Sena’, quando eu tiver um emprego fabuloso’. Tudo isso serve apenas para nos distrair e nos fazer esquecer da felicidade de hoje.
Como tantos já disseram tantas vezes, aproveite o momento.
E quem for ruim de contas, recorra à calculadora para ir somando as pequenas felicidades.
Podem até dizer que nos falta ambição, que essa soma de pequenas alegrias é uma operação matemática muito modesta para os nossos tempos.
Que digam.
Melhor ser minimamente feliz várias vezes por dia do que viver eternamente em compasso de espera.

Adeus Ano Velho… Feliz Ano Novo…

(Gabi Tabarelli)

É 2011, você está indo embora, e com você se vão todas as lágrimas, toda tristeza, todo sofrimento que os seus dias me trouxeram.
No fundo, por mais dolorosa que tenha sido toda a dor, cada minuto que eu vivi, cada momento que eu passei trouxeram também muito aprendizado.
Aprendi o valor de uma amizade, aprendi o valor que tem uma família, uma mãe, um pai.
Vi que realmente não podemos confiar em todos e que a maioria das pessoas que te cercam não são amigos verdadeiros.
Aprendi principalmente e enfim, que a vida não é mesmo um conto de fadas, ou um filme romântico, e que pode ser que o final feliz chegue, mas vai demorar, e quando chegar, vai ser surpreendente, completamente diferente do que você imaginou, e o mais importante: nada, nada mesmo é pra sempre.
Um dia a amizade com sua melhor amiga vai acabar, e você simplesmente não vai ter o que fazer. Até o namoro, de anos, vai terminar. No começo você vai se sentir sem chão, sem vida, mas ai você se acostuma, e vai vivendo, descobrindo coisas novas, chorando, sorrindo, mas vivendo.
Felizmente, isso passa, e sim, essa foi mais uma descoberta minha. Quanto aos erros¿ É natural que erremos às vezes.
Então, leve com você todas as coisas ruins, e deixe comigo, aqui, guardados na caixinha que é meu coração, as risadas mais gostosas, os momentos mais felizes, os abraços mais verdadeiros, o amor que eu sinto pelas pessoas que me fazem bem.
Ah, e principalmente, deixe comigo essas pessoas que me fazem bem, pessoas que me fizeram esquecer a dor, pessoas que, por mais impossível que fosse, sempre procuraram me mostrar o lado bom dos acontecimentos, pessoas que sem as quais eu não saberia viver.
Leve, leve. Leve os erros, leve as besteiras, leve os arrependimentos. Leve a sensação de incapacidade, a solidão, leve o passado.
E que o senhor seu amigo, o 2012, traga pra mim o dobro das lágrimas, mas que elas sejam de alegria, de satisfação. Lágrimas de vitória!
Traga o dobro do amor, mesmo que seja amor próprio.
Traga o dobro de amigos, porém verdadeiros.
E, mais ainda, força. Muita força, porque eu sei que ainda vão existir muitas batalhas em que eu terei que lutar. E mesmo que eu não vença, que eu tenha garra pra conseguir chegar até o fim.
Traga mais sorrisos sinceros, mais abraços apertados, mais confiança, mais de tudo de bom que eu seja merecedora.
Que eu saiba, nesse ano novo, lidar com a tristeza, saiba driblá-la, mandá-la pra longe, bem longe.
Que eu me apaixone e me dedique a pessoas certas, que exista essa pessoa certa.
Que eu saiba aprender com erros novos, que eu saiba viver, que eu saiba ser feliz.
É o que eu quero, é o que eu espero.
E, eu sei, assim vai ser.
A minha felicidade só depende de mim, e a partir de agora, é só atrás dela que eu vou correr, é só em função dela que eu vou viver!

Desiderata

No meio do barulho e da agitação, caminhe tranqüilo, pensando na paz que você pode encontrar no silêncio.

Procure viver em harmonia com as pessoas que estão ao seu redor, sem abrir mão de sua dignidade. Fale a sua verdade, clara e mansamente. Escute a verdade dos outros, pois eles também têm a sua própria história. Evite as pessoas agitadas e agressivas: elas afligem o nosso espírito.

Não se compare aos demais, olhando as pessoas como superiores ou inferiores a você: isso o tornaria superficial a amargo. Viva intensamente os seus ideais e o que você já conseguiu realizar. Mantenha o interesse no seu trabalho, por mais humilde que seja: ele é um verdadeiro tesouro na contínua mudança dos tempos.

Seja prudente em tudo o que fizer, porque o mundo está cheio de armadilhas. Mas não fique cego para o bem que sempre existe. Há muita gente lutando por nobres causas. Em toda parte, a vida está cheia de heroísmo.

Seja você mesmo. Sobretudo não simule afeição e não transforme o amor numa brincadeira, pois no meio de tanta aridez, ele é perene como a relva. Aceite com carinho o conselho dos mais velhos e seja compreensivo com os impulsos inovadores da juventude.

Cultive a força do espírito e você estará preparado para enfrentar às surpresas da sorte adversa. Não se desespere com perigos imaginários: muitos temores têm sua origem no cansaço e na solidão.

Ao lado de uma sadia disciplina, conserve, para consigo mesmo, uma imensa bondade.
Você é filho do universo, irmão das estrelas e árvores, você merece estar aqui. E mesmo se você não pode perceber, a terra e o universo vão cumprindo o seu destino.

Procure, pois, estar em paz com Deus, seja qual for o nome que você lhe der. No meio de seus trabalhos e aspirações, na fatigante jornada pela vida, conserve, no mais profundo do ser, a harmonia e a paz.

Acima de toda mesquinhez, falsidade e desengano, o mundo ainda é bonito. Caminhe com cuidado faça tudo para ser feliz e partilhe com os outros a sua felicidade.

(Texto encontrado em Baltimore, na antiga Igreja Saint-Paul, em 1962)

Com a tag

O sentido da vida

(Luiz Fernando Veríssimo)

Ponha a mão no peito e sinta as batidas do seu coração.

Esse é o relógio da sua vida tiquitaqueando a contagem regressiva do tempo que lhe resta. Um dia ele parará. Isso é cem por cento garantido e não há nada que você possa fazer a respeito. Portanto, não dá para perder um único precioso segundo.

Vá atrás do seu sonho com energia e paixão, ou, então, recue e veja-o escorrer pelo ralo. Se você passar o tempo todo em cima do muro, acabará não indo a lugar algum no pouco tempo que lhe resta (sem falar, claro, no perigo das farpas em lugares inconvenientes). Como dizem: “não se salta uma fenda em dois pulinhos”.

É preciso coragem e dedicação para viver o seu sonho. (Claro, também é preciso lembrar onde acaba a coragem e começa a estupidez). A verdade é que todos nascemos com potencial para a grandeza, abençoados com oportunidades para alcançar novas e estonteantes alturas. Mas, tristemente, muitos de nós são preguiçosos demais, preocupados demais com o que os outros possam pensar, com medo demais de mudanças, para abrir suas asas e usar todos os seus talentos.

É importantíssimo fazer o que o deixa feliz – e da melhor maneira possível. Não importa que seja fazer bolas de neve, prender a respiração debaixo d’água, cantar, ou conseguir efeitos dramáticos com um secador de cabelos. Só o que interessa é que você se sinta bem com o que está fazendo.

Tenha sempre em mente que, faça o que você fizer, os enganos são parte da vida e não perca tempo se castigando por erros do passado. Não fique ruminando se está ou não fazendo a coisa certa. Você sempre saberá a resposta no seu coração. Em vez de desanimar-se, lembre-se sempre de que rejeição e resistência são inevitáveis quando se faz algo muito importante ou especial.

Quando você se propõe a realizar seus sonhos, muitos tentarão detê-lo (incluindo os que mais amam você). O que não falta neste mundo são pessimistas lamentáveis, que desistem dos seus sonhos, para lhe dizer: “não perca seu tempo, você nunca conseguirá.”

Você pode muito bem se ver cercado por pessoas que, secretamente, querem ver você fazer menos, ou fracassar por completo, para não se sentir diminuídas. “Esqueça isso”, dirão. “Não vale a pena.” Por isso, é importante compreender que seguir o seu próprio caminho pode ser incrivelmente recompensador, mas não é fácil não. Como todo mundo, você terá alguns dias melhores que outros. De vez em quando, tudo parecerá uma grande zona de perigo.
As pessoas olharão para você com estranheza quando souberem o que você está tentando atingir e você começará a ouvir seus detratores e a ter dúvidas. “Porque não continuei vendendo bananas, meu Deus?”

Mas, aconteça o que acontecer, não desista!

Lembre-se de que todos têm dificuldades.. É incrivelmente cansativo passar dias fazendo coisas que não nos agradam ou sequer nos interessam. Mas, se você perseguir o seu sonho, pelo menos se cansará fazendo o que mais gosta.

Você pode achar que nada disto significa muito no grande esquema global das coisas.
Mas, acredite: significa. Quando você tirar tudo que puder da sua vida, saboreando cada gota, isto mudará tudo à sua volta, de ordinário para extraordinário. Quando estiver fazendo o que ama, você se levantará de manhã cheio de animação para enfrentar o começo de cada dia e estará tomado de uma alegria sincera, altamente contagiante.

Do mesmo modo que, ao dar uma boa risada, faz outro começar a rir, e outro, até que estão todos rindo tanto que começam a lacrimejar, ter dor de estômago e dificuldades em respirar. Mas, melhor do que tudo, fazendo coisas que enroscam os seus bigodes de fazer (presumindo-se, claro que você tenha bigodes), você inspira outros a irem atrás dos seus sonhos, e é assim, meu amigo, que se transforma o mundo!

Sabe de uma coisa? Mesmo que você cometa enganos e esteja errado sobre quase tudo, ainda assim sua vida será uma aventura fantástica e divertida; você dormirá cada noite sabendo que fez o que podia e isso fez diferença e acordará a cada dia antecipando o futuro tão belo e excitante quanto puder imaginar.

E sabe de outra coisa? Se você ouvir seu coração e usar a cabeça, nunca estará errado.