Uma mulher mamãe

(Letícia Thompson)

Uma mãe é, antes de tudo e nada, uma mulher. Muitos se esquecem disso. E se esquecem tanto, que no fim das contas ela acaba se esquecendo também.

Uma mãe foi primeiro uma menina. Brincou de boneca, de casinha e de roda. Usou trança, subiu em árvores, foi moleca, se apaixonou, brigou, se revoltou… se tornou mulher aos poucos, à custa de tropeços e degraus… até descobrir o desejo de maternidade, que nasceu nela com uma força tal que ela pôde ser capaz de se esquecer de si mesma para dar lugar a esse desejo.

E com a vinda do filho, a mulher deixa aos poucos, aos próprios olhos e aos olhos de todos, de ser mulher em essência, ela torna-se “mãe.” Uma marca para o resto da vida. Mas, em nós, sabemos que uma coisa não anula a outra.

Mesmo se temos outras obrigações, coisas a mais na nossa vida, continuamos sendo antes de tudo mulheres. Muitos maridos não entendem isso. Por isso às vezes depois da chegada dos filhos procuram outras mulheres, pois a que têm em casa é a mãe.

Filhos também não entendem isso. Ou raramente. Para eles, mãe não é mulher, é mãe. A mãe dos outros pode até ser mulher, mas não a própria.

Portanto, dentro de nós existe uma princesa que nunca vai morrer; existe uma moça que se encanta e corre o risco de se apaixonar; existem emoções que podem não estar necessariamente ligadas à família. Existem os sonhos, vontade de ser amada e desejada como fêmea.

Os homens que não entendem o porquê de uma mulher não gostar de receber coisas para a casa em ocasiões especiais, esses se esqueceram ou nunca souberam completamente o que é uma mulher.

Para se agradar uma mulher, é preciso tocar fundo no seu coração. Penso que é difícil se sentir tocada quando se recebe coisas que só fazem com que nos lembremos que existimos para lavar, passar, cozinhar e educar os filhos. Porque mulher é muito mais que isso. Mais que parideira, lavadeira e tantos eira. Mais que santa. Uma mulher é simplesmente um ser humano e o que mais deseja é ser tratado como tal.

Uma mulher, mãe ou não, é uma jóia que, se lapidada e cuidada carinhosamente, como se deve, encanta e enriquece a vida de qualquer pessoa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s